Dnit libera mais 9,7 quilômetros de pista duplicada da BR 116

Trecho fica entre as cidades de Tapes e Sentinela do Sul

Empreendimento possui 211,2 quilômetros de obras de duplicação, divididos em nove lotes construtivos | Foto: DNIT / Divulgação / CP

O trecho, localizado entre o km 363 e o km 373 da BR 116, entre as cidades de Tapes e Sentinela do Sul, foi liberado nesta terça-feira e integra o lote 3 do empreendimento, que possui 211,2 quilômetros de obras de duplicação de Guaíba a Pelotas e está dividido em nove lotes construtivos. Com esta última entrega, a autarquia conclui cerca de 40% da duplicação.

“A entrega de mais um trecho duplicado da BR 116 é de grande relevância, pois além de aumentar o conforto e a segurança dos usuários, esta é uma importante via de escoamento da produção brasileira até o porto de Rio Grande, fazendo também a ligação do país com o Uruguai, importante parceiro comercial”, avaliou o diretor-geral do DNIT, general Antônio Santos Filho.

Até o momento, já estão em operação trechos duplicados nas cidades de Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Turuçu, Cristal e Barra do Ribeiro.