Mortes pela Covid-19 já atingem 82 mil no mundo

Trezentos mil pacientes se curaram de um total de 1,4 milhão. Cinco países tiveram mais de 100 mil infectados e quatro bateram 10 mil óbitos atribuídos à doença

Pacientes do Rio Grande do Norte e do Distrito Federal tinham históricos de problemas de saúde | Foto: Douglas Magno/AFP/CP
(Foto: Douglas Magno/AFP/CP)

Chega perto de 82 mil o número de mortes atribuídas à Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, em todo o mundo. O total de óbitos subiu em mais de 20 mil, desde o fim de semana. Já o número de casos confirmados passa de 1,4 milhão, com 301 mil pessoas recuperadas da enfermidade.

O balanço é divulgado pela plataforma World o Meter, abastecida em tempo real pela companhia independente Dadax com base em dados oficiais da Organização Mundial da Saúde e de autoridades locais de cada país. O coronavírus chegou, até o momento, a 209 países ou territórios, nos cinco continentes.

O número de diagnósticos positivos ainda reflete apenas parte do total de infecções, devido às diferentes políticas de testagem. Alguns países só submeteram a exames, até agora, pessoas que precisaram de internação hospitalar, tiveram complicações ou dispunham de condições para custear o laudo.

Mortes

Quatrro países já bateram a marca de 10 mil mortes em função da doença. A Itália lidera, com mais de 17 mil óbitos, seguida da Espanha, com 14 mil. Na sequência, vêm Estados Unidos (12,7 mil), considerado o atual epicentro da pandemia, e a França (10,3 mil). Nas últimas horas, autoridades norte-americanas relataram quase 1,9 mortes e o francês, 1,4 mil, muito acima das 700 registradas na Espanha e das 600 da Itália.

O Brasil, com 686 óbitos, conforme as secretarias estaduais da Saúde, é o 13º da lista.

Confirmações

Já os Estados Unidos, que passaram, em fim de março, a intensificar a testagem da população, dispararam à frente em número de casos confirmados de Covid-19: mais de 395 mil, número que subiu quase quatro vezes desde sábado.

A Espanha, com 142 mil confirmações, superou a Itália, com 135,5 mil. A França e a Alemanda surgem em seguida, com 109 mil e 107,6 mil casos, até o momento.

O Brasil aparece em 14º, com mais de 14 mil infectados até o momento.

Testes

Estados Unidos, Alemanha, Rússia, Itália e Coreia do Sul foram os países que mais aplicaram testes em número absoluto de pessoas com sintomas de coronavírus. Só nos EUA, foram mais de 2 milhões.