Ronaldinho parcela dívida de R$ 7,5 milhões em IPTU

Ex-jogador já pagou a primeira quota, de R$ 145,2 mil

Ronaldinho
Foto: Divulgação

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho parcelou em 60 vezes, junto à Prefeitura de Porto Alegre, uma dívida de R$ 7,5 milhões referente a dívidas de IPTU e taxa de coleta de lixo. Ronaldinho pagou a primeira parcela, de R$ 145,2 mil, nessa terça-feira. O débito é referente a um imóvel localizado no bairro Restinga.

O parcelamento deve suspender as ações de execução fiscal ajuizadas pela Procuradoria-Geral do Município (PGM) contra o craque. De acordo com a procuradora-chefe da Procuradoria de Assuntos Estratégicos e Fiscais da Procuradoria, Bethania Flach, a 8ª Vara da Fazenda Pública deferiu pedido de tutela de urgência do Município e determinou que a dívida seja garantida pelo imóvel.

A dívida milionária de Ronaldinho em IPTU é anterior à leva de cobrança de débitos de R$ 101 milhões em impostos relativos a imóveis de alto padrão em Porto Alegre. Assim, a PGM enviou, para protesto judicial, uma relação de 3.970 devedores, em início de setembro.