Em missão internacional, Eduardo Leite busca ampliar articulação com Uruguai

Governador cumpre roteiro de dois dias pelo país vizinho, a partir desta terça

Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Visita ao Porto de Montevidéu e encontros com autoridades estão entre os compromissos da agenda do governador Eduardo Leite, em missão internacional, entre amanhã e quarta-feira no Uruguai. Ele cumpre o roteiro, acompanhado de secretários e deputados, com o objetivo de ampliar a integração com o país vizinho.

“O Uruguai é nosso parceiro natural, um vizinho fronteiriço com quem temos forte identidade cultural. Buscamos, nesse processo de integração com o país, trabalhar o tema da logística, como a hidrovia do Mercosul e a integração em transportes pelo meio hidroviário, o que é positivo tanto para os uruguaios como para os gaúchos”, adiantou o governador.

Nessa terça-feira, o primeiro compromisso é uma visita ao Porto de Montevidéu, seguida de um encontro com representantes da empresa ISL sobre a implementação da rota Buenos Aires – Montevidéu – Rio Grande – Poto Alegre. No fim da tarde, Leite participa de reunião no Ministério dos Transportes, em que as pautas serão a hidrovia do Mercosul e o Aeroporto de Rivera. O governador ainda integra reunião da Agência de Governo Eletrônico e Sociedade da Informação do Uruguai (Agesic) e, por último, janta com o embaixador brasileiro no Uruguai, Antônio José Ferreira Simões.

Na quarta-feira, a agenda prevê um encontro na Associação de Marketing do Uruguai. Em seguida, o governador deve ser recebido pela presidência da República. Na sequência, visita ao CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). O último compromisso no país vizinho é um almoço com o chanceler uruguaio, Rodolfo Nin Novoa.

Fazem parte da comitiva os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ruy Irigaray; de Logística e Transportes, Juvir Costella; de Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal; e de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos. Também vão acompanhar o governador o superintendente do Porto de Rio Grande, Fernando Estima, os deputados estaduais Frederico Antunes e Carlos Búrigo e o deputado federal Carlos Gomes.