Acordo vai encerrar cobrança de roaming em países do Mercosul

Taxa é cobrada quando um cliente sai da área da operadora

Os países-membros do Mercosul vão assinar um acordo para o fim da cobrança de roaming em serviços de telecomunicações entre pessoas residindo no bloco. O termo deve ser firmado em reunião na 24ª Cúpula do Mercosul, a ser realizada nesta semana na cidade de Santa Fé, na Argentina.

A informação é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O órgão e o Ministério das Relações Exteriores atuaram nos últimos meses nas negociações com autoridades regulatórias dos demais países.

O fim da cobrança de roaming vai abranger serviços de voz (ligações em dispositivos fixos e móveis), envio de mensagens e dados, nome dado para os pacotes de acesso à internet. Segundo a assessoria da agência, ainda não há previsão de quando a medida entra em vigor.

O roaming é uma taxa cobrada quando um cliente sai da área da operadora. No caso, quase a totalidade dos planos vendidos no Brasil é limitada às fronteiras do país. Quando alguém viaja, por exemplo, para a Argentina ou o Uruguai, a ligação gera um custo adicional (à exceção de planos específicos com cobrança diferenciada).