Caixa avaliza projeto para controle de perdas em abastecimento de água na Capital

Próxima etapa é a publicação, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, de portaria autorizando o crédito

A Caixa Econômica Federal aprovou um projeto de redução e controle de perdas em sistemas de abastecimento de água, encaminhado pela Prefeitura de Porto Alegre. O objetivo das obras é melhorar a prestação do serviço, reduzindo a necessidade de consertos e paradas operacionais, que desabastecem a população.

A proposta, enquadrada no programa Avançar Cidades–Saneamento, prevê financiamento de 95% e contrapartida de 5% do município. A Prefeitura espera contrair R$ 38,4 milhões, injetando, em recursos próprios, mais R$ 2 milhões.

A próxima etapa envolve a publicação, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, de uma portaria autorizando o crédito. A partir daí, o processo segue para liberação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O projeto vai favorecer mais de 130 mil famílias, projeta o Município. A setorização proposta atinge cerca 20% da malha de rede da cidade (aproximadamente 550 mil habitantes).

A expectativa é de que, em meio a consertos emergenciais, o número de pessoas desabastecidas, nessas regiões, seja menor. O projeto também busca reduzir o número de consertos e paradas operacionais, com menor interrupção no abastecimento e maior agilidade de resposta.