Falta d’água persiste, após furto de cabos de energia, em Canoas e Cachoeirinha

Crime ocorreu sob o leito da Rodovia do Parque, nessa sexta-feira

Torneira. Foto: Agência Brasil

Moradores de partes de Canoas e Cachoeirinha permanecem sem água, de acordo com a Corsan, em função de furto de cabos que paralisaram o bombeamento na estação de captação do arroio das Garças, na noite de ontem. O crime ocorreu sob o leito da Rodovia do Parque (BR-448), em Canoas.

A Corsan providenciou um gerador e a RGE começou, ainda nessa sexta, a repor o cabeamento. Na manhã de hoje, o desabastecimento persistia, em Canoas, para os bairros Guajuviras, Olaria e Estância Velha. O retorno da água é previsto para a madrugada deste domingo. Em Cachoeirinha, seguem sem água os bairros Canarinho e Chico Mendes, com normalização prevista para a tarde de hoje.

Em Gravataí, que também compõe o sistema interligado da Corsan, a situação se normalizou no início da manhã, conforme a atualização divulgada pela companhia.