Procon Porto Alegre realiza primeira pesquisa sobre o preço do material escolar

Pesquisas vão ocorrer quinzenalmente em dez estabelecimentos até o final de fevereiro

Foto: Prefeitura de Porto Alegre./Divulgação.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), por meio do Procon Porto Alegre, divulgou nesta sexta-feira a primeira pesquisa de preços dos itens mais solicitados nas listas de material escolar. As pesquisas vão ocorrer quinzenalmente em dez estabelecimentos da Capital até o final de fevereiro. Durante este período, além das tabelas de preço, o Procon também vai divulgar orientações sobre direitos e deveres nas relações de consumo com as escolas.

“É importante que o consumidor acompanhe o preço dos produtos que necessita adquirir desde logo. Assim, garante a oportunidade de escolher os estabelecimentos que oferecem preços mais vantajosos e evita aqueles que aproveitam o aumento da procura para promover uma elevação excessiva de preços”, alerta a diretora executiva do Procon POA, Fernanda Borges.

Reclamações 

O atendimento do Procon Porto Alegre é exclusivo para residentes no Município, que podem registrar reclamações pelo site ou pessoalmente, na rua dos Andradas, 686, Centro Histórico. São distribuídas diariamente 90 fichas de atendimento, das 9h às 17h. O atendimento das fichas e do agendamento no site ocorre por ordem de chegada.

Confira a tabela