Aprovado, na Câmara de Porto Alegre, projeto que permite PPPs em iluminação pública

Prefeitura espera modernizar a rede e economizar na conta de luz

Porto Alegre, RS - 08/09/2016 Vistoria da iluminação concluída do viaduto Tiradentes End.: Av Mariante com Silva Só Foto: Joel Vargas/PMPA

A Câmara de Vereadores aprovou, hoje, com emendas, o Projeto de Lei de Parcerias Público Privada (PPPs) para iluminação pública de Porto Alegre. Foram 24 votos a favor e oito contra.

De acordo com o prefeito Nelson Marchezan Júnior, o contrato de PPP vai contribuir com o embelezamento da cidade e segurança dos porto-alegrenses. Ele disse apostar, ainda, que o texto sirva de referência para outros municípios do país.

Com o aval dos vereadores, a Prefeitura espera modernizar em 100% a rede da Capital. Hoje, a maioria das 104 mil pontos de iluminação utiliza tecnologia considerada ultrapassada.

Para o secretário municipal de Parcerias Estratégicas, Bruno Vanuzzi, é uma conquista para cidade, que vai aumentar a segurança e promover as áreas de lazer e turismo.

A expectativa é de que o edital de licitação seja lançado no primeiro semestre de 2019. A ideia é de que sejam investidos pela iniciativa privada R$ 270 milhões, sendo R$ 135 milhões nos primeiros dois anos.

As mudanças também podem gerar economia aos cofres públicos já que a projeção é de que haja redução de 50% na conta de energia elétrica do município.