Operação prende sete pessoas e apreende drogas em condomínio do bairro Rubem Berta

Policiais civis constataram que os traficantes tinham controle até das guaritas do complexo

Deflagrada nesta segunda-feira, no condomínio Fernando Ferrari, no bairro Rubem Berta, na zona Norte, a operação Scuderia resultou na prisão de sete pessoas, apreensão de um menor e recolhimento de drogas, celulares e radiocomunicadores. Foram cumpridos 44 ordens judiciais, sendo 25 mandados de busca e apreensão e 19 mandados de prisão, por cerca de 200 agentes.

Além da venda de entorpecentes, a organização criminosa que apoderou-se do local também é investigada por supostamente comandar execuções. O trabalho durou em torno de dez meses. Os policiais civis constataram que os traficantes tinham controle até das guaritas do condomínio, monitorando dia e noite os moradores e até vigiando uma eventual chegada da polícia. Entorpecentes e armamentos eram escondidos nos apartamentos, inclusive nos de pessoas que não tinham ligação com a criminalidade.

Os policiais descobriram ainda que a facção vinha atacando outras comunidades para tomar os pontos de tráfico de drogas. De acordo com os investigadores, o condomínio Fernando Ferrari transformou-se em uma espécie de fortaleza do narcotráfico. Para potencializar os lucros da venda de drogas, bailes funk eram realizados nos finais de semana com o intuito de atrair consumidores. Seis pessoas já haviam sido presas ao longo das investigações.

Os delegados Thiago Lacerda e Cassiano Cabral comandaram a operação.