Prefeitura deposita mais R$ 790 a servidores da Capital; Câmara avaliza parcelamento do 13°

Até agora, foram pagos 52% dos salários de novembro do funcionalismo

Foto: Joel Vargas / PMPA / CP

A Prefeitura de Porto Alegre deposita, nesta sexta-feira, até R$ 790 a servidores públicos com valores pendentes da folha de novembro. Com essa terceira parcela, de mais R$ 13 milhões, o município quita 52% dos salários do mês passado. O valor total pago a cada servidor é de até R$ 3,66 mil.

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Leonardo Busatto, o volume maior de recursos, proveniente de receitas próprias e do ICMS, deve ingressar no Tesouro Municipal em 11 de dezembro, permitindo que a folha seja quitada no 12, quarta da semana que vem.

Sobre o pagamento do 13º, a Prefeitura teve aprovado pela Câmara Municipal, nesta quinta-feira, o projeto de lei que define a forma de quitação do benefício natalino. “O pagamento deve ser parcelado em 10 vezes, a partir de fevereiro de 2019. Outra opção é a possibilidade de o servidor antecipar o recurso do 13º salário via antecipação junto às instituições financeiras”, disse Busatto.

Durante a sessão extraordinária desta quinta-feira, os vereadores aprovaram, por unanimidade, o projeto que autoriza o Paço Municipal a parcelar o 13º e indenizar os servidores. Aos valores devidos, devem ser acrescidos juros e despesas equivalentes aos custos inerentes a possíveis contratos bancários, até a taxa de 2,1927% ao mês.

Folha de novembro

O total da folha líquida de novembro ficou em R$ 134 milhões e corresponde a 31.028 matrículas de servidores. A primeira parcela, no valor de R$ 2,22 mil, chegou às contas dos servidores em 30 de novembro, e integralizou os salários de 31%. A segunda, de R$ 650, paga em 3 de dezembro, quitou os salários de 41%.