Estado paga consignações e quita folha de outubro com 36 dias de atraso

Salários de novembro só devem começar a ser depositados na terça-feira que vem

A Secretaria Estadual da Fazenda conseguiu reunir, hoje, com saldos do Caixa Único, os recursos necessários para o repasse das consignações ainda relacionadas à folha de outubro, o que representou R$ 180 milhões. Com isso, a Pasta quita a folha com 36 dias de atraso – um recorde em 36 meses de parcelamento. Os valores ainda pendentes, cujo desconto o servidor abate do salário, se referem a empréstimos e contratação de serviços junto aos bancos ou entidades sindicais, por exemplo.

Superados os compromissos de outubro, cujos salários líquidos foram liquidados na sexta passada, a Fazenda se volta agora para dar início à quitação dos salários de novembro. A partir do calendário de recolhimento do ICMS, os primeiros repasses só devem ocorrer na terça da semana que vem, dia 11, de acordo com o comportamento da arrecadação.

A folha líquida do mês passado fechou em R$ 1,255 bilhão, novamente sem considerar as consignações.