Acordo entre metroviários e Trensurb descarta risco de greve

Negociação sobre regime de escalas dos funcionários teve mediação realizada pelo TRT

Foto: Divulgação / Trensurb

Após meses de negociação, metroviários e a Trensurb entraram em acordo, em mediação realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O impasse envolvia as escalas de trabalho da categoria. Conforme o Sindimetrô, a empresa pretendia modificar a jornada dos trabalhadores noturnos, responsáveis pela manutenção de trilhos e da rede elétrica.

“A proposta inicial previa aumento de jornada para quem já trabalha em horário ruim, mas negociamos e não vai haver prejuízo aos trabalhadores”, ressalta o presidente do sindicato, Luiz Henrique Chagas.

Em uma assembleia geral, realizada na tarde desta quinta-feira, os metroviários chegaram a um consenso em torno do resultado da audiência no TRT. Com isso, fica afastada a possibilidade de movimento grevista.

Em 2018, a Trensurb transportou, em média, 185 mil pessoas por dia.