Bolsonaro escolhe deputado mais votado de Minas para o Turismo

É o segundo ministro filiado ao PSL, partido do presidente eleito, no governo

Foto: Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados

O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, anunciou na tarde de hoje que o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL) vai ser o ministro do Turismo no governo de Jair Bolsonaro. O anúncio ocorreu na presença do presidente eleito, no momento em que ele deixou a sede do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) para retornar ao Rio de Janeiro.

Marcelo Álvaro está no segundo mandato e, em outubro, se tornou o deputado mais votado de Minas Gerais. Ele integra a frente parlamentar evangélica no Congresso. É o segundo ministro filiado ao PSL, partido do presidente eleito, no governo. O primeiro é Gustavo Bebianno, indicado para a Secretaria-Geral da Presidência.

O futuro ministro do Turismo já foi filiado ao PRP, MDB, PR e, neste ano, se transferiu para o PSL, partido que ele preside em Minas Gerais.

“O presidente sempre defendeu que no Brasil o governo tivesse um olhar especial para o turismo, por conta da possibilidade de geração de emprego e renda, e para que o país pudesse desenvolver esse círculo de comércio tão venturoso, como a Espanha, países asiáticos e tantos outros”, disse Lorenzoni, ao confirmar a indicação.

Segundo ele, Marcelo Antônio recebeu o apoio de todo o segmento empresarial do setor no país, além da Frente Parlamentar em Defesa do Turismo.