Estado quita pendências de setembro e paga folha de outubro a partir de segunda-feira

Faixa inicial é de R$ 1,3 mil. Esse é o 35º mês em que o governo gaúcho não consegue integralizar salários dos servidores em dia

O governo estadual quita, na segunda-feira, os salários de outubro para os servidores com rendimento líquido de até R$ 1,3 mil. O depósito ocorre nas primeiras horas da manhã, o que contempla 22% do funcionalismo.

Hoje, a Fazenda quita as consignações ainda relacionadas à folha de setembro, o que representou R$ 180 milhões. O montante equivale a valores que o servidor autoriza que sejam descontados, como empréstimos e contratação de serviços junto a bancos ou entidades de classe. Deste total, o principal repasse é para o Banrisul, que chega a R$ 131 milhões.

Para quitar os salários de até R$ 1,3 mil, serão necessários mais R$ 79,3 milhões. Na virada do mês, houve possibilidade financeira para realizar apenas o depósito da décima parcela já atualizada do 13º salário de 2017 para todos servidores, o que representou o desencaixe de R$ 110 milhões. Houve também o repasse da indenização pelo atraso da folha do mês de setembro, no montante de R$ 1 milhão.

As próximas quitações ocorrerão de acordo com o comportamento da receita. A parte líquida da folha de outubro fechou em R$ 1,228 bilhão, sem considerar os valores das consignações.

Esse é o 35º mês em que o governo gaúcho não consegue integralizar a folha dos servidores em dia. No início da semana, o Piratini também confirmou o encaminhamento, à Assembleia, de um projeto de lei para parcelar o décimo-terceiro salário de 2018, pelo quarto ano consecutivo.

FOLHA SALARIAL DE OUTUBRO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO
· Dia 31/10 – 10ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 110 milhões
· Dia 31/10 – Indenização pelo atraso / folha de setembro – R$ 1 milhão
· Dia 05/11 – Quitação salários das fundações – R$ 25 milhões
· Dia 12/11 – Até R$ 1,3 mil líquidos (26.857 matrículas no acumulado) – R$ 79,3 milhões