Trensurb: metroviários fazem greve a partir da próxima quarta-feira

Categoria decidiu cruzar os braços em função do descumprimento do acordo coletivo das escalas de trabalho

Foto: Samuel Maciel / CP Memória

O Sindicato dos Metrovários (Sindimetrô-RS) informou, na tarde de hoje, que a categoria vai entrar em greve, por tempo indeterminado, a partir da meia-noite do dia 3 de outubro, quarta-feira que vem. A categoria tomou a decisão, de forma unânime, durante assembleia realizada na tarde de hoje. Os metroviários vão cruzar os braços em função do descumprimento do acordo coletivo das escalas de trabalho.

De acordo com o Sindimetrô-RS, parte dos funcionários que cumpre contratos de 6h de jornada está trabalhando até 8h, em função das escalas, definidas pela empresa. “O debate sobre a renovação do acordo iniciou em maio, e apenas três itens impediam a assinatura. Contudo, no dia 31 de agosto, a empresa recuou nas discussões de forma unilateral. Essa atitude foi recebida com surpresa pelos metroviários e metroviárias, visto que apenas detalhes impediam o fechamento do acordo”, detalha, em nota, o sindicato.

Uma nova assembleia da categoria ocorre na terça-feira, mas apenas para discutir os rumos do movimento e organizar a paralisação.

Contatada, a Trensurb sustenta que o acordo de escala, prorrogado, fica em vigor até o fim do mês que vem. Além disso, a empresa garante que segue negociando com os trabalhadores, com uma nova rodada de discussões na segunda-feira, na Justiça do Trabalho.