Porto Alegre chega a 22 casos de sarampo em 2018; dia D de vacinação ocorre neste sábado

Sem passe livre, táxis e aplicativos de celular devem operar com desconto durante o dia

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. Foto:

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou que mais seis casos de sarampo foram identificados em Porto Alegre. Com isso, a cidade soma 22 casos da doença em 2018. No Rio Grande do Sul, o total desde janeiro sobe para 29, incluindo as ocorrências de Viamão (3), Alvorada (2), São Luiz Gonzaga (1) e Vacaria (1).

A Capital ainda registra cobertura vacinal baixa se comparada com os índices estadual e nacional da campanha contra a pólio e o sarampo, que oficialmente termina hoje. Em Porto Alegre, porém, 109 salas de vacina abrem neste sábado, para mais um dia D de imunização. A meta é vacinar até 95% das crianças entre um ano e menores de cinco. Até o momento, a cidade registra percentual de 70%, o que preocupa as autoridades de saúde diante do surgimento de mais confirmações.

O dia D ocorre mesmo sem passe livre no transporte coletivo. As salas abrem das 8h às 17h, em todas as regiões da Capital. A Prefeitura informou que táxis vão oferecer 40% de desconto em todas as corridas chamadas pelo aplicativo do Sintáxi. As empresas Uber, Cabify e Pop também informaram que vão liberar códigos de desconto aos clientes.

Das 140 Unidades de Saúde de Porto Alegre, 16 atingiram a meta de vacinação de 95% e não devem abrir no sábado. Outras 15 não abrem por estarem em reforma. Veja a lista das 109 que vão vacinar.
A campanha vai mobilizar mais de 2 mil profissionais, reforça o secretário da Saúde, Erno Harzheim. Mesmo crianças que já tenham se vacinado contra as duas doenças devem ter a situação analisada. Por isso, pais e responsáveis devem levar ao posto a caderneta de vacinação e o Cartão SUS. No dia D, os postos só devem distribuir as doses contra a pólio e a tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola.
Hoje, a vacina pode ser encontrada em 129 salas de todas as regiões da cidade, até as 17h. As unidades de Saúde Modelo, São Carlos e Tristeza abrem até as 22h e a Clínica da Família na Restinga, até as 20h.