Porto Alegre: quase metade das escolas públicas do município funciona de forma parcial

Uma escola de Educação Infantil e uma de Ensino Médio suspenderam atendimento

Foto: Prefeitura de Porto Alegre / Divulgação / CP

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) informou, na tarde desta quarta-feira, que em função da greve dos municipários, quase metade das escolas atende de forma parcial na rede pública de ensino. Do total de 99 instituições de ensino, 50 permanecem funcionando normalmente; 47 em parte, e apenas duas – uma escola de Educação Infantil e uma de Ensino Fundamental – suspenderam atendimento.

Na rede própria municipal, das 43 escolas infantis, o funcionamento é parcial em nove, mesmo que, em quase todas as turmas, o atendimento siga mantido. Todas as 218 escolas da rede comunitária, formada por instituições parceiras do Município para atendimento de crianças de 0 a 5 anos e Ensino Fundamental, também atendem normalmente.

A Smed salienta às famílias que as escolas foram orientadas a ficar abertas e a receber os alunos, e pede que, em caso de dúvida sobre a falta de professores, procurem a direção da unidade de ensino.

Greve dos servidores

Na tarde de hoje, centenas de servidores públicos ligados ao Sindicato dos Municipários (Simpa) decidiram por unanimidade, em assembleia geral, se manter em greve. A paralisação completou nove dias hoje. A próxima assembleia só ocorre, agora, na terça-feira, às 14h.