Fazenda paga salários de até R$ 1,5 mil a servidores do RS

Novo crédito chega à rede bancária entre o fim da tarde e o início da noite

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) confirmou que paga, ainda nesta terça-feira, os salários de servidores do Poder Executivo com rendimento líquido entre R$ 1,3 mil e R$ 1,5 mil. Com esse depósito, para cerca de 25 mil matrículas, o Piratini vai quita a folha para 100 mil vínculos desde a virada do mês, o que representa quase 30% do funcionalismo.

Para atender a esse grupo, a Fazenda reuniu em caixa R$ 38,2 milhões a partir da variação dos saldos do Caixa Único. Essa é a 32ª vez em que a gestão atual não consegue pagar 100% da folha do Executivo em dia.

O crédito chega à rede bancária entre o fim da tarde e início da noite. No último dia do mês foram quitados os salários líquidos de até R$ 1,3 mil, assim como a sétima parcela já corrigida do 13º salário de 2017 para todos os vínculos e a indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de junho.

Segue a previsão de quitar os salários líquidos de até R$ 8 mil no máximo até 14 de agosto. A projeção leva em conta, em especial, a arrecadação do ICMS. Quando alcançar esse valor, a Fazenda vai ter quitado 93% da folha. Não foram descartados outros depósitos entre hoje e o dia 14. Já a quitação dos valores maiores, pagos a 7% do funcionalismo, deve ocorrer a partir do dia 21.

FOLHA SALARIAL DE JULHO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO
•Dia 31/07 (parte da manhã) – Até R$ 1,1 mil líquidos (49.163 matrículas) – R$ 44,5 milhões
•Dia 31/07 – 7ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 115 milhões
•Dia 31/07 – Indenização pelo atraso / folha de junho – R$ 840 mil
•Dia 31/07 (fim do dia) – Até R$ 1,3 mil líquidos (75,9 mil matrículas no acumulado) – R$ 35,5 milhões
•Dia 3/08 – quitação funcionários da Fundações (CLT) – R$ 25 milhões
•Dia 7/08 – Até R$ 1,5 mil líquidos (100,9 mil matrículas no acumulado) – R$ 38,2 milhões