Após retirada de moradores de rua, food trucks são instalados no viaduto da Borges

A prefeitura garantiu que não foi informada sobre uma ação da Brigada Militar envolvendo a retirada dos moradores de rua que vivem no local

Food trucks ficarão no local no sábado e no domingo. Foto: divulgação/Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Depois da polêmica envolvendo a retirada de moradores de rua da região do viaduto da Borges, no Centro Histórico da Capital, o espaço será destinado para instalação de food trucks neste final de semana. No total, quatro food trucks e dois bike foods estarão abertos à população neste sábado e também neste domingo, das 9h30 às 21h, em caráter experimental. Conforme a prefeitura, a ação faz parte das tentativas de fortalecer “a relação dos porto-alegrenses com os espaços públicos da cidade”.

A prefeitura, ainda na quinta-feira, garantiu que não foi informada sobre uma ação da Brigada Militar envolvendo a retirada dos moradores de rua que vivem no viaduto da Borges. Conforme o secretário da Saúde e coordenador do Plano Municipal de Superação da Situação de Rua, Erno Harzheim, a ação teve caráter policial, sem relação com medidas sociais realizadas pela administração municipal. “Nesse caso, ficamos sabendo quando já tinha acontecido”, sustenta Harzheim.”

Segundo o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Rodrigo Mohr Picon, há mais de duas semanas vêm sendo feitas ações contínuas na região para evitar que o espaço “vire uma cracolândia no Centro de Porto Alegre.” A polícia sustenta que “ali não havia mais moradores de rua, mas ladrões, traficantes e usuários de drogas”. O DMLU foi acionado pela BM para recolher as barracas no passeio do viaduto e, segundo a prefeitura, a solicitação do Departamento não precisa passar pelo Executivo.