Jairo Jorge é confirmado candidato do PDT a governador

Questionado sobre decisão judicial que resultou em bloqueio de bens, divulgada hoje, pedetista se disse tranquilo, mas vai recorrer da decisão

A convenção estadual do PDT oficializou a candidatura a governador do ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge, na noite desta quinta-feira, em Porto Alegre. O empresário Cláudio Bier (PV) vai disputar o cargo de vice.

Jairo, que era filiado ao Partido dos Trabalhadores, disse que em eventual segundo turno com José Ivo Sartori, pretende procurar todas as siglas que apresentarem candidato para compor aliança. Até o momento, Jairo garante apoio do Podemos, Avante, PPL, PMB, Solidariedade e PV. “Estou fazendo uma campanha propositiva, sem ataques”, disse.

Questionado sobre a decisão judicial que resultou em bloqueio de bens, divulgada hoje, o pedetista se disse tranquilo. O Tribunal Regional Federal (TRF4) acolheu ação do Ministério Público Federal por improbidade administrativa em caso de contratação de empresa para operação do programa de teleagendamento de consultas médicas durante a gestão dele à frente da prefeitura de Canoas. Até novembro de 2014, o gasto com a GSH-Gestão e Tecnologia em Saúde chegou a R$ 18 milhões. “Era um serviço novo na época, não era possível fazer licitação. Tenho 33 anos de vida pública e nenhum processo. Sou ficha limpa”.

Em discurso na convenção, em alusão ao caso, ele ressaltou que os ataques da oposição à campanha trabalhista já começaram. Além disso, o candidato disse ter compromisso com a manutenção do Banrisul, com o fim do parcelamento dos salários do funcionalismo e de não fechar escolas da rede pública estadual, mas não explicou como. “Eu tenho o sonho de fazer a segunda revolução na Educação porque a primeira foi feita por Brizola”, declarou, no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa.