Fazenda quita salários de até R$ 2 mil para o funcionalismo gaúcho

Próximo depósito só deve ocorrer na terça-feira

Em mais uma etapa do conta-gotas que se tornou a folha de junho do funcionalismo ligado ao Poder Executivo, a Secretaria Estadual da Fazenda anunciou que deposita, até o início da noite desta quinta-feira, os vencimentos de servidores com vencimento líquido entre R$ 1,75 mil e R$ 2 mil.

Na última terça-feira, foram quitados os salários para quem recebe até R$ 1,75 mil. A parte líquida da folha de junho fechou em R$ 1,204 bilhão, sem considerar os valores das consignações.

O próximo depósito deve ocorrer na terça-feira que vem, com o pagamento dos servidores que recebem até R$ 3 mil. Os valores maiores devem ser pagos a partir do ingresso de receitas do ICMS da energia elétrica, combustíveis e telecomunicações. Permanece a previsão de quitar a folha até o dia 23.

Em junho, a situação do Caixa Único se agravou, conforme a Fazenda. A queda na arrecadação chegou a R$ 365 milhões ao longo do mês passado, agravada pela greve dos caminhoneiros, que durou 11 dias. Esse é o 31º mês em que o governo estadual não consegue quitar em dia a folha dos servidores.