Suécia vence a Suíça e avança para as quartas de final

Emil Forsberg marcou o único gol da partida em São Petersburgo

Foto: Divulgação/Fifa

Após 24 anos, a Suécia volta a disputar as quartas de final de uma Copa do Mundo. Nesta terça-feira, o time nórdico venceu a Suíça por 1 a 0 no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, e avançou das oitavas de final. Os suecos voltarão a campo no sábado, às 11h (horário de Brasília), em Samara, para pegar a Inglaterra.

O primeiro tempo foi acima das expectativas, com as duas seleções motivadas, sempre buscando o gol, mesmo que de forma desorganizada. A melhor chance nórdica ocorreu aos 27 minutos, em forte chute de Berg no canto, que o goleiro Sommer teve de espalmar. Os helvéticos responderam aos 38 minutos, por meio de Dzemailli, que recebeu na área e bateu forte, assustando Olsen. A bola, no entanto, subiu demais.

Os suecos abriram o placar aos 20 minutos da etapa final, através do meia Forsberg. Ele recebeu na entrada da área e chutou forte, a bola bateu no pé de Akanji e deslocou Sommer. Forsberg, que atua no RasenBallsports Leipizig, da Alemanha, era até o momento do gol o principal jogador da Suécia, armando as jogadas e finalizando bastante. Ele correu tanto, que acabou substituído aos 36 minutos.

Em desvantagem, o técnico da Suíça, Vladimir Petkovic, decidiu colocar o time no ataque, com três atacantes: Seferovic, Embolo e Drmic. E até conseguiu certa pressão, porém a zaga da Suécia se mostrou atenta e segura.

No desespero em busca do gol, a Suíça deixou a zaga aberta e no último minuto, os suecos fizeram um contra-ataque com Olsson, que foi derrubado por Lang na entrada da área. No primeiro momento, o árbitro marcou pênalti, mas ao conferir o VAR, voltou atrás e só deu a falta, porém expulsou Lang. Com a vitória, a Suécia sonha em repetir a campanha de 1994, nos Estados Unidos, quando conseguiu chegar à semifinal.

Copa do Mundo – Oitavas de final

Suécia – 1

Olsen; Lustig (Krafth), Lindelöf, Granqvist e Augustinsson; Svensson, Ekdal, Claesson e Forsberg (Olsson); Berg (Thelin) e Toivonen. Técnico: Janne Andersson.

Suíça – 0

Sommer; Lang, Djourou, Akanji e Ricardo Rodríguez; Behrami, Xhaka, Shaqiri e Dzemaili (Seferovic); Zuber (Embolo) e Drmic. Técnico: Vladimir Petkovic.

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia).

Local: Estádio Krestovsky, em São Petersburgo.