Gasolina pode ficar até R$ 0,11 mais cara no RS

A partir deste domingo, muda o valor referencial para a incidência de ICMS sobre os combustíveis

Postos de Porto Alegre não têm mais gasolina. Foto: Guilherme Testa/CP

A partir deste domingo, a gasolina tende a ficar ainda mais cara no Rio Grande do Sul. A Secretaria Estadual da Fazenda alterou o valor referencial utilizado como base de cálculo para a incidência de ICMS sobre os combustíveis. Nos demais – etanol e diesel – o valor deve cair (veja tabela abaixo).

O Sulpetro – sindicato que representa os postos de combustíveis do Rio Grande do Sul ─ repudiou, em nota emitida na quinta-feira, o valor novo da gasolina, que aumentou R$ 0,36 em relação ao anterior. Isso permite que a incidência de ICMS encareça o litro da gasolina em mais R$ 0,11, já que a alíquota, no Rio Grande do Sul, é de 30%.

Confira os valores para base de cálculo do imposto a partir de julho:

Gasolina C – Passa de R$ 4,4065 para R$ 4,7657
Diesel S 10 – Passa de R$ 3,4553 para R$ 3,4365
Diesel S 500 – Passa de R$ 3,3526 para R$ 3,3415
Etanol (AEHC) – Passa de R$ 4,0968 para R$ 4,0540
GNV – Passa de R$ 2,8308 para R$ 2,8295.