Novo depósito permite que Estado pague em dia salários de até R$ 1,5 mil

Com isso, Fazenda quita 30% dos salários de junho dos servidores do Poder Executivo. Novos depósitos só devem ocorrer a partir do dia 10

O governo estadual paga em dia, ainda hoje, os salários de junho para os servidores do Poder Executivo que recebem entre R$ 1,2 mil e R$ 1,5 mil em valores líquidos. Com isso, a Fazenda quita 30% da folha do mês passado.

Pela manhã, foram pagos os salários da primeira faixa, de até R$ 1,2 mil. A expectativa era fazer um segundo depósito só em 10 de julho, mas foram sacados R$ 61 milhões do caixa único para contemplar mais 41 mil matrículas com a folha em dia.

O novo crédito vai estar disponível para saque entre o fim da tarde e o início da noite. Também hoje, o Estado pagou a sexta parcela já corrigida do 13º salário do ano passado para todos os vínculos, assim como a indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de maio.

Os próximos depósitos, que a Fazenda estima fazer a partir do dia 10, dependem da entrada de arrecadação do ICMS e de repasses do governo federal. O Estado reconhece que, dessa vez, só vai conseguir pagar 100% da folha depois do dia 23. Veja a previsão:

• Dia 10/07: salários líquidos de até R$ 2 mil (46,6% dos vínculos com salário quitado)
• Dia 11/07: salários líquidos de até R$ 3 mil (61,4%)
• Dia 13/07: salários líquidos de até R$ 4,5 mil (77,5%)
• Dia 17/07: salários líquidos de até R$ 6,5 mil (88,3%)