“GARGULEJA GALO VÉIO!

Hoje acordei com a cachola encafifada… Alguém já se perguntou por que os galos cantam sempre na parte da manhã? O cebolão dá trezentas voltas, mas eles abrem o peito sempre no mesmo horário,  e quem acorda cedo como eu, sabe que os emplumadinhos são que nem relógio.
Pois não é que cientistas da Universidade de Nagoya resolveram “destrambelhar a tramelinha” e descobrir o Xis da questão. Daí tentaram engrupir as avezinhas, colocando-as ocasionalmente em ambientes com bastante luz, som alto, lugares escuros e muitos outros e descobriram que as aves têm um relógio interno que reage a diversos estímulos externos. Dessa forma, constataram que motivos variados não faltam para os galos cantarem. Vai daí que, embora eles cantem religiosamente todas as madrugadas, esse não é o único horário em que eles abrem o bico privilegiado. A barulhada, o burburinhos, mudanças nos níveis de luz, tudo isso significa um perigo, uma ameaça, então, cantam para mostrar quem é que manda no terreiro. Dá pra entender então que, na real, quando cantam no finzinho da madruga, anunciam que o escuro está findando e também para mostrar quem está dominando a área, mas o que intriga os cientistas mesmo é que cantam exatamente duas horas antes da luz do sol surgir.

Bueno, o verdadeiro motivo pelo qual os galos cantam de manhãzita ainda não está no total bem compreendido. Marcar território ou reagir a estímulos? Nesses milhares de anos, a pergunta ainda não foi respondida definitivamente. Quando nos referimos ao mundo animal, sempre existe uma dúvida que ainda vai permanecer sem solução. Mas quanto ao reino hominal? Ora pois pois, comenta-se que em Brasília os galos cantam intermitentemente, a cada negação… e como negam para aquelas bandas… dizem até que os pobrezinhos dos animaizinhos já estão tomando chá de gengibre com tanchagem e sal para as goelinhas privilegiadas… estão enrouquecendo e nós enlouquecendo com tanta treta… Realmente estamos numa encruzilhada… e, por falar nisso,… galos, terreiros, encruzilhadas… assunta-se e não é a “bocca chiusa” que quem atua no terreiro brasiliense onde os galos cantam com maior força, porque a negação lá não é tripla, é bem mais que isso… é um novo babalaô, Pai Gilmar – o homem é forte !… esse solta a pessoa amada em três dias… é só conferir no noticioso
Garguleja galo véio !!!