Prefeitura de Canoas repassa novas viaturas para órgãos de segurança pública do RS

Ao todo, 22 veículos foram repassados para órgãos do governo estadual. Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Ao todo, 22 veículos foram repassados para órgãos do governo estadual. Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas
Ao todo, 22 veículos foram repassados para órgãos do governo estadual. Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

A Prefeitura de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, entregou, nesta segunda-feira, 45 novas viaturas para os órgãos da segurança pública. Do total, 22 veículos foram repassados para órgãos do governo estadual, sendo 15 para a Brigada Militar, seis para a Polícia Civil e uma para a Susepe. As demais viaturas serão destinadas para a Guarda Municipal e Fiscalização de Trânsito de Canoas.
Conforme o secretário de Segurança de Canoas, delegado Ranolfo Vieira Jr, o valor do investimento nas 45 viaturas é de R$ 5,12 milhões. “Hoje estaremos entregando 45 novas viaturas, onde 22 o município está repassando a órgãos estaduais. Estaremos disponibilizando 15 caminhonetes para a Brigada Militar, seis para Polícia Civil e uma para a Susepe”, afirma.
Do total de veículos, 35 são picapes que possuem o padrão utilizado pela Força Nacional de Segurança, todas com motor de 170 cavalos, quatro portas, totalmente equipadas com características específicas para cada corporação. Além disso, a Prefeitura de Canoas entregou outros seis automóveis, modelo Voyage, para a Guarda Municipal, e de quatro motocicletas, modelo Honda XRE 300, para a fiscalização de trânsito municipal.
Também nesta segunda-feira serão entregues à Guarda Municipal, 67 pistolas Taurus PT 838 compradas para os agentes atuarem armados a partir de março. Os guardas municipais foram capacitados para o uso de armas de fogo.
Ainda segundo a Prefeitura de Canoas, são investidos mensalmente R$ 2,4 milhões na Secretaria de Segurança do município. O executivo municipal também custeia, anualmente, cerca de R$ 860 mil em despesas para o bom funcionamento das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Superintendência dos Serviços Penitenciários.