test

EPTC informa que nenhum usuário será prejudicado com mudança em linhas de ônibus

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), em entrevista à Rádio Guaíba, garantiu que nenhum usuário será prejudicado com a mudança nas 18 linhas de ônibus que começa a valer a partir deste sábado (27). As alterações representam cerca de 5% do total de linhas em operação na Capital Gaúcha. Segundo Flávio Tumelero, gerente de planejamento e transporte da empresa, a medida foi tomada devido a diminuição de usuários pagantes. A redução foi maior que 26% desde 2011 até o fim de 2017.
Tumelero salientou ainda que algumas linhas vão passar de radiais, que vão até o Centro, para alimentadoras, e outras serão unidas – atendendo as mesmas comunidades de forma racionalizada. Algumas alterações serão apenas no fim de semana, outras apenas em dias úteis e até em sábados, após as 20h30min. “Essas modificações que estão sendo feitas é porque, na maioria das vezes, havia apenas um usuário usando uma linha em determinado horário. O gasto que isso gerava não poderia ser mantido. Portanto, precisamos nos utilizar dessa alternativa e, salientamos que nenhum dos 950 mil usuários que usam diariamente o transporte público de Porto Alegre serão afetados”, completa o gerente.
Sábados, após as 20h30min
– 493+494, se torna 494.4 Rubem Berta/Jardim Ypu/Sábados
Altera aos domingos:
– 610+611, se torna 610.1 Minuano/Lindóia
– 345+346, se torna 346.2 São José/ Santa Catarina
Altera sábados e domingos:
– 270+271, se torna 270.1 Grutinha/Via Amapá
Altera nos dias úteis:
– A88+A16, se torna A16 Dorival Castilho/Imperial Parque;
– 170+187.1, se torna 170 – Jd. Das Palmeiras/Cel. Massot;
Altera nos dias úteis e fim de semana:
– A09+A10, se torna A09 Alimentadora Restinga Nova (contempla itinerário A10)
Se torna linha de retorno:
– 349 São Caetano – São Caetano/retorno Sarmento Leite. Pode integrar: nas paradas da Osvaldo Aranha, Sarmento Leite e João Pessoa.
Se convertem em alimentadoras:
– 265 Jardim Medianeira – A265 Jardim Medianeira. Pode integrar em paradas da Gomes Carneiro e Carlos Barbosa
– 285 Nonoai – A285 e A285.1 Nonoai/Erechim/Costa Lima. Pode integrar em paradas da Teresópolis e Guia Lopes (estação) CB.
– 288 Ipanema/ Morro Alto – A288 Ipanema/Morro Alto. Pode integrar em paradas da Juca Batista – Zaffari e T11.
Prazo para fazer o TRI
Para minimizar o impacto ao usuário, quem usa as linhas A265, A285, A285.1 e A288 vai ter 30 dias, a contar da data da alteração, para fazer o cartão TRI – que possibilita a integração, que é a segunda passagem gratuita com utilização em até 30 minutos depois da primeira, com o passe antecipado.
Nesse período, os passageiros que pagarem a passagem com dinheiro serão acompanhados por um fiscal, que fica à disposição nas paradas que permitem a integração, e terão a roleta liberada na utilização da segunda linha. De acordo com a EPTC há cerca de 492 pessoas nessa situação, o que representa menos de 0,05% dos registros de uso diário do transporte público em Porto Alegre.
Usuários também poderão esclarecer as dúvidas pelo número 118. Possíveis ajustes podem ser solicitados pelos passageiros nos primeiros dias da operação.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile