CEEE ingressa com pedido de reintegração de área invadida pelo MST

A Companhia de Estadual de Energia Elétrica (CEEE) ingressou na tarde desta quinta-feira com pedido de reintegração de posse de área localizada em Candiota, no Sul do Estado, ocupada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Os membros do MST ocuparam a fazenda de 280 hectares ainda na última sexta-feira. A solicitação será analisada no fórum de Bagé.
Já a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) obteve liminar, ainda na sexta, para reintegração de posse de área onde está instalada a Fepagro, em Encruzilhada do Sul, também invadida por integrantes do MST. De acordo com a decisão, o município de Rio Pardo deve providenciar, dentro do prazo de 30 dias, local para desocupação voluntária, assegurando o direito à moradia das cerca de 250 famílias que ocuparam a área.