17 apostas dividem o prêmio da Mega da Virada

Mega Sena. Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

17 apostas dividiram a Mega da Virada | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória
17 apostas dividiram a Mega da Virada | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

Dezessete pessoas acertaram os números da Mega da Virada e dividirão o prêmio de R$ 306.718.743,71 – a maior cifra da história. Cada vencedor receberá R$ 18.042.279,04. As dezenas sorteadas foram: 06 – 37 – 34 – 10 – 03 – 17.
As apostas vencedoras foram realizadas no Estado de São Paulo (seis apostas, sendo quatro da capital e duas em Guarulhos), Bahia (três apostas em Prado, Uruçuca e Cruz das Almas), Paraná (São João do Triunfo e Rio Azul), Minas Gerais (Carmo do Cajuru e Contagem) e Rio de Janeiro (Rio de Janeiro e Seropédica), além de Belém (PA) e Brusque (SC).
Entre os ganhadores, duas apostas são de bolão: em Belém foi sorteado um bolão de 22 cotas. Cada participante vai receber cerca de R$ 820 mil. A aposta premiada em Rio Azul, no Paraná, também foi para um bolão de cinco cotas, que vai render um prêmio de R$ 3,6 milhões para cada participante. Já na segunda faixa de premiação, acerto de cinco números, 4.862 apostadores vão levar R$ 10,5 mil cada, e os 173.428 apostadores que acertaram quatro números vão receber R$ 423,12 cada.
Foram feitas mais de 254,5 milhões de apostas em todo o País. As apostas paralelas para o concurso especial começaram no dia 30 de outubro e as exclusivas iniciaram no dia 22 de dezembro, totalizando R$ 890,9 milhões em arrecadação.
Retirada do prêmio
Prêmios com valor superior a R$ 1.903,98 são pagos exclusivamente nas agências da Caixa Econômica Federal. O bilhete é ao portador, mas o ganhador pode escrever, no verso do recibo da aposta premiada, seu nome completo e CPF. Dessa forma, ninguém mais poderá retirar o prêmio. Em caso de bolão, cada participante pode fazer o mesmo no verso de seu recibo individual de cota.
Os ganhadores também devem ficar atentos às datas. Os prêmios prescrevem após 90 dias da data do sorteio. Decorrido esse prazo, o prêmio prescrito é repassado ao Fundo de Financiamento ao Ensino Superior (Fies).